sábado, 13 de fevereiro de 2010

DESPEDIDAS

A cada linha,
entrelinha,
um adeus.

A cada verso,
disperso,
me despeço.

Veja também: Profano continua em Niterói
Profano conquista corações