O autor

Eduardo Lamas é escritor, dramaturgo, jornalista e compositor. Autor da peça "Sentença de Vida", encenada entre março de 2002 e maio de 2003, no Rio de Janeiro, em Niterói e São Gonçalo, e dos livros "Profano Coração", lançado em julho de 2009, e à venda em formato digital (clique aqui), e "O negro crespúsculo", lançado somente em versão digital em março de 2016 e também à venda na Amazon (clique aqui). Recebeu em 2001 o prêmio de Destaque Especial nas categorias conto (A Foto), crônica (As velhas senhoras do Campo de Sant'Anna) e poesia (Oferenda, ou Canção de um ser dilacerado) do IV Concurso Literário "A Palavra do Século XXI", de Cruz Alta (RS).
Como jornalista atuou, nos seguintes veículos, entre 1988 e 2013: rádios Imprensa FM e Tropical FM, Jornal dos Sports, Agência Sport Press, Agência O Globo, O Globo Online, jornal O Fluminense, Lance Multimídia, Revista e Agência Placar, site Pelé.Net, Oi Internet, Jornal do Brasil e Globoesporte.com. Atualmente é colunista do jornal Portal do Grajaú, onde publica mensalmente crônicas, artigos, contos e poesias.
Como empresário nos ramos cultural e de comunicação, foi assessor de imprensa, redator, revisor e editor de projetos, eventos e profissionais das áreas artística, cultural e educacional, entre 2012 e abril deste ano.

O NÃO-TEMPO
Folheie cada página desta obra, densa e suave - virtual apenas no meio - como quem cuida de uma flor carnuda e delicada. Não, não se atenha à primeira página, às primeiras palavras. Aqui não há ordem cronológica. Não perca uma palavra, uma entrelinha, uma sensação sequer!
A você que se dispôs a vir a esta página, muito obrigado pela sua visita, espero que volte outras vezes e deixe seus comentários quando achar conveniente. Neste espaço pretendo publicar meus textos e mostrar um pouco do que aprecio. Fique à vontade, mas não abuse, por favor!
Blog no ar desde o dia 17/3/2008.
Obs.: Os textos publicados neste blog são de autoria de Eduardo Lamas Neiva e estão registrados na Fundação Biblioteca Nacional.