sexta-feira, 7 de setembro de 2012

ESTILHAÇOS 3

Não me apego ao livro como objeto. Há quem goste de senti-lo nas mãos, até cheirá-lo. Eu só quero lê-lo. O que me interessa necessariamente é o que ele contém, suas palavras, suas frases, suas idéias, suas imagens.



Veja também:
A grandiosidade de Victor Hugo
Poesia sem versos
O anjo grave