quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

CHEIRO DE CHUMBO NO AR

Toda roubalheira que amarra sujos rabos públicos a privados ainda fora das cadeias deflagrou uma guerra de nervos, vaidades e sobrevivência política, social e econômica entre os altos cargos dos 3 poderes da republiqueta. Há o medo do que ainda não foi exposto, não vazou. E das conseqüências do que já está saindo detrás das moitas obscuras. Há o pavor de ver o próprio nome ser o próximo da interminável lista de delações. A apreensão, as tremedeiras, cólicas, diarreias, as insônias de quem nunca perdeu a noite por dor de consciência explodiram em ataques. E defesas desesperadas, violentas. Negações, negações, recusas ao que antes era facilmente aceito.

O que era achaque na surdina (ou nem tanto assim, pois de bobo só há o povo), virou ataque. Histeria, teimosia, mal-criação. Escândalos. Calhou de ser assim cunhada a história, e talvez estejamos retrocedendo sem perceber. Os corvos e abutres que se cuidem. E os alvos diários das rapinas, mais ainda.

Democracia é uma palavra muito bonita. Mas ela é sinônimo de utopia nesta terra que Thomas Morus certamente não conheceu. Sorte a dele. Acharia bem bela por fora, bem podre por dentro. Cabral só viu beleza e quem foi que "nos estrepamos"? Mais nós do que ele, claro. Democracia não cabe num lugar em que tão poucos por cento ficam com tantos por cento da renda, e tantos, tantos, cada vez mais, detenham tão pouco para dividir. Dividir? Meu pirão primeiro. E este precipício social vai do topo junto ao céu ao mais profundo dos vales abissais. Não, não é ilusão de ótica. 

Mas há miopias graves. Verdadeiras cataratas, quase cegueira. Poucos percebem, mas o que era uma pequena rachadura, já se alastrou: virou brecha, mais um pouco será um buraco (se é que já não atingiu este estágio) e, em breve, será um rombo gigantesco para as já chamadas - em outros tempos - forças ocultas penetrarem facilmente e agirem (ou melhor, reagirem).  

Não dá para ver, mas dá para sentir o cheiro de chumbo no ar. E orar, agora, só vai piorar.

Veja também: