segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

GASOLINA NO INCÊNDIO 6

Com "Gasolina no Incêndio" (agora também no orkut, clique aqui) pretendo provocar quem aqui venha, mexer com os brios mesmo. Incomode-se, reclame e até xingue se achar necessário, mas aqui não cabe a indiferença. Não vou censurar nenhum comentário, mas assuma-se, não se esconda no anonimato (in)conveniente, nem com apelidos irreconhecíveis. A sexta questão-provocação é a seguinte:
O conjunto de versos totalmente desprovido de filosofia não é poesia, é mero jogo de palavras.

Veja também: Gasolina no Incêndio 5
O Espírito dos Insensatos
Gasolina no Incêndio 7
"Profano" conquista corações
Monólogos 6 (Muito Próximo da Lucidez e da Loucura)
Futebol-Arte: Os Maiores Jogos de Todos os Tempos

Gasolina no Incêndio 8
Gasolina no Incêndio 9